Que venham as adversidades! :D

“A adversidade não faz parte da vida, ela é a vida.”

Eu fiquei a semana toda quebrando a cabeça para escrever esse post… E essa frase que comecei o texto foi a resposta que esperava, estava lendo um livro, vi essa frase e bingo! 😛

Por que resistimos tanto às coisas ruins da vida, se elas são a nossa vida, tanto quanto as coisas boas? A nossa evolução, o nosso aprendizado está diretamente ligado às frustrações que temos na vida, é aquele ditado “mar manso não faz bom marinheiro”.

Engraçado, enquanto estava começando a escrever aqui, estava assistindo o final da novela “Fina Estampa” e essa frase fez mais sentido ainda. De certa forma fiquei indignada que a vilã da história, a Thereza Cristina não morreu nem foi presa, nada!!! Justamente enquanto estava escrevendo isso! Pra ver como é tão arraigado na gente a vontade que temos de nos livrar dos “vilões” e sermos felizes para sempre, como na novela!  Aí quando finalmente a Globo faz um final de novela com um mero fato real, nós não nos conformamos (porque aposto que não fui só eu).

O que a gente quer? Um emprego que tuuudo saia perfeitamente do jeito que queremos; que as pessoas ajam exatamente do jeito que esperamos; que amemos somente a pessoa que nos ama; que a festa seja surpreendente; que no final do mês eu receba dinheiro suficiente para fazer tudo, comprar tudo, e que ainda sobre, claro! Enfim, queremos tudo em CAPS LOCK e sem muito sacrifício, senão cansa né?

Poxa, as coisas ruins estão ali tentando nos ensinar alguma coisa e elas vão seguir se repetindo até a gente aprender a lição que temos que aprender! Por que será que às vezes temos a sensação que as coisas estão se repetindo na vida da gente sempre da mesma maneira? O que tendemos a pensar? “Oh como a vida é injusta comigo!”. Afff 😐

Chega disso! Essa semana eu consegui ver que os problemas que tenho no trabalho são para eu aprender e me tornar a administradora que eu quero ser (porque honestamente, cada vez tenho mais certeza que um curso de graduação barbada como o de administração não prepara para nem 10% do que passamos como administrador de empresa na prática); consegui também ver que não tem problema nenhum eu gostar de uma pessoa que não gosta de mim, o que ela sente por mim não muda o que eu sinto por mim; também não tem problema nenhum alguma pessoa discordar da minha opinião, por mais que eu tenha certeza de estar certa, as pessoas estão aí pra discordar de mim e me ensinar a me comunicar melhor, a persistir nas minhas ideias. E ainda, meus últimos relacionamentos (se é que da para chamar disso 😛 ) deram todos errados e eu consigo achar graça disso (se não achasse pode ter certeza que não estaria falando publicamente! haha) e entender que tudo deu errado para eu aprender a gostar de mim independente do que o mundo pensa a respeito – exatamente o que eu estava buscando para preencher o vazio que tive até pouco tempo atrás  e que ninguém conseguia preencher…

Ou seja, está tudo aí acontecendo por alguma razão! Basta a gente estar aberto que mais cedo ou mais tarde a lição é aprendida.

Quanto mais rápido aceitarmos que as adversidades são muito bem vindas, melhor para nós. 🙂

Anúncios

7 pensamentos sobre “Que venham as adversidades! :D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s