Onde foi parar a tal da motivação?

Quem nunca passou por um período de desânimo? Já que o blog é justamente o oposto desse sentimento, estava tendo dificuldades de escrever, porque passei por esse tal período. No ápice da minha desmotivação, depois de ter chorado horrores, conversei com a Clarissa e ela me fez uma pergunta: “o que te motiva?”, eu respondi “desafios”. Então ela falou “encara essa situação como um desafio”. Na hora não aceitei muito o conselho, até pensei: “como se fosse fácil”, aí fui dormir chateada. No outro dia acordei e tomei a decisão de encarar o dia como um desafio e prometi que não ía me revoltar com nada e não ía mais pensar “não vai dar certo”. Não sei se foi essa decisão, mas as coisas fluíram bem, inclusive me aconteceram coisas ótimas no dia. É muito cedo pra dizer que minha desmotivação acabou, mas a minha decisão de não dar ouvidos para ela é irrevogável, porque percebi que isso depende mais de mim do que dos acontecimentos da vida . 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s