Rito do Fogo – Xamanismo

Sim!

Eu adoro experimentar coisas novas e diferentes.

Faço um “curso” vivencial, o Laboratório de Práticas em Pedagogia da Cooperação. Somos um grupo de aproximadamente 15 pessoas (com formações e áreas de atuação diversas) muito especial. Nos reunimos em agosto, novembro e agora em fevereiro em uma fazenda no interior de São Paulo (Monte Alegre do Sul), o lugar é simplesmente o paraíso na Terra.

No primeiro módulo em agosto tive a oportunidade de entoar mantras (isso posso contar em outro post) e foi muito legal. Nesse último sábado, 4 de fevereiro, participei de um Ritual do Fogo realizado por um Xamã norte-americano que estava se hospedando na Fazenda.

O ritual começou com o Clown (ou Cloud, não entendi muito bem o nome dele), o Xamã, preparando o fogo. Então ele entregou uma folha com sementes dentro (tipo uma vagem) para cada um de nós que estávamos lá. A orientação foi: pra cada uma das folhas que vocês devem pensar em uma pessoa para a qual vocês querem uma prece, depois devem assoprar essa folha e colocá-la nos meios dos dedos da mão.

Então, ele se virou para cada um dos pontos cardeais e chamou os seres da natureza para participarem do Ritual (isso em uma língua que não sei qual é).

Após isso, cada um assoprou cada uma das suas folhas e jogou no fogo. Todas as folhas precisam queimar para que as preces tenham efeito.

Então, ele veio até nós e individualmente pegou na mão, encostou testa com testa e falou algumas coisas naquela língua que não entendo. Não senti nada de diferente ou estranho.

No final ele “liberou” os seres dos quatro cantos que tinha vindo para o Ritual e ficou cuidando para que todas as folhas estivessem queimadas.

Para encerrar ele fez a leitura das cinzas. O recado que ela nos passou é que devemos ter consciência da nossa riqueza (financeira, de espírito, emocional, cognitiva…) e não diminuir ou tratar diferente as pessoas que não estão no mesmo patamar que nós. Isso tem muito a ver com a nossa pedagogia da cooperação que tem por propósito ajudar as pessoas a Ven-Ser, ou seja, tornar-se quem realmente são, independente do caminho que precisem percorrer para isso (sendo ele longo ou curto, reto ou com curvas…).

No final de tudo fiquei um tempo observando o fogo e por muitas vezes tive vontade de chorar, tinha uma energia boa naquele lugar. Não sei se algo mudou em mim ou se algo vai mudar para aquelas as quais fiz minha prece, mas ter participado desse momento foi muito legal

.

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Rito do Fogo – Xamanismo

  1. Esqueci de dizer uma palavra bem legal que o Xamã nos ensinou.
    Ele contou que algumas tribos indígenas da Amazônia colombiana, peruana… se dispede dizendo Shangou (do meu coração para o seu coração).
    Lindo, né?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s